Arquivo da Tag sites

Brasileiros são mais sociais, diz criador do 9GAG


Ray Chan tinha apenas 24 anos quando criou o 9GAG, em Hong Kong, em 2008. Hoje, o site, que conta com mais de 80 milhões de usuários, é o principal repositório de memes da web.
 
Agora com 28 anos, Chan vem ao Brasil para participar da 11º edição do YouPix, festival que debate a cultura da web e das redes sociais, e que acontece entre os dias 3 e 5 de julho, no 2º andar da Bienal, em São Paulo.
 
Além de estar curioso para conhecer o Brasil, Chan quer conhecer ainda mais os brasileiros, responsáveis por cerca de 10% da audiência de seu site.
 
Veja abaixo a conversa com ele:
 
– Como surgiu a ideia para criar o 9GAG? Quando o site começou a despontar globalmente?
 
Ray Chan – Começamos 9GAG em 2008. Na época, eu tinha 24 anos e o Facebook não era popular em Hong Kong. Assim, as pessoas utilizavam o e-mail para compartilhar vídeos e fotos engraçadas.
Nosso objetivo foi desenvolver uma ferramenta para simplificar esse processo, onde o usuário pudesse subir uma foto engraçada e enviar o link para os amigos.
 
Colocamos o site no ar e enviamos o link para alguns contatos. Ele obteve uma boa repercussão. Porém, só explodiu no mundo todo no ano passado, após nos juntarmos ao programa de aceleramento americano 500 Startups. Eles nos ensinaram como construir um produto melhor e como entender melhor nossos usuários.
 
– Como o sistema de publicação do 9GAG funciona?
 
Chan – Qualquer pessoa pode publicar conteúdo no site. Na sequência, nossos usuários votam nos mais legais. Um algoritmo “mágico” determina quais posts vão para a página principal.
 
– Quais são os números atuais do 9GAG?
 
Chan – Nós fechamos o mês de maio com mais de 80 milhões de usuários e mais de 2 bilhões de páginas visualizadas. Desses, cerca de 10% são brasileiros.
 
– E como o brasileiro se comporta dentro do 9GAG? Ele só consome conteúdo ou costuma produzir e compartilhar também?
 
Chan – O brasileiro costuma ser bastante social e ativo online. Eles enviam bastante conteúdo, votam bastante e comentam um monte.
 
– Como será a versão em português do serviço? Ela terá somente conteúdo em português ou de outras línguas? Quando ela deve ser lançada?
 
Chan – Parafraseando o personagem Maverick, de “Top Gun”: “Eu poderia te contar, mas teria que te matar”. Brincadeiras à parte, devemos anunciar algumas novidades em breve. Por enquanto, não posso adiantá-las.
 
– A linguagem de memes divulgada pelo 9GAG é bastante popular hoje entre os brasileiros que utilizam o Facebook, por exemplo. Como você vê essa disseminação?
 
Chan – As pessoas gostam de compartilhar coisas interessantes e divertidas com seus amigos. O Facebook e outras redes sociais são catalisadores da popularidade do 9GAG.
 
– 9GAG está colocando no esquecimento sites como o 4chan e o I Can Has Cheezburger, por exemplo. O que você faz para evitar que novos produtos façam o mesmo com o 9GAG?
 
Chan – Hoje, estamos focados para manter o site em constante desenvolvimento. Para isso, nós ouvimos nossos usuários. Esse é um dos segredos para fazer o melhor sempre.
 
– Falando sobre dinheiro, o criador do 4chan, Christopher Poole, criou um outro serviço, o canv.as, porque o 4chan não era rentável. Por outro lado, Ben Huh fez da rede de blogs I Can Has Cheezburger um império. Quais são seus planos para o 9GAG?
 
Chan – Nossa missão é trazer satisfação e alegria para mais pessoas. Dinheiro não é nosso foco. Acredito que se construirmos um grande serviço, ele se tornará lucrativo.
 
– Por último, qual seu meme ou piada do 9GAG preferida?
 
Chan – Eu gosto do Philosoraptor. Acho ele é divertido e educativo.
 
Fonte: exame.abril.com.br
 

Marca de água cria site mais fundo do mundo

Intenção é mostrar que a água da Borjomi fica bem mais embaixo que as fontes normais
 

Você olha na escala e acha que está chegando na água, mas se prestar atenção vai perceber que a fonte da Borjomi, na Geórgia, é bem mais embaixo: cerca de oito quilômetros
 
Para mostrar isso na prática, sem que você precisa sair da frente do seu computador, a Ogilvy da Ucrânia criou o site com a “maior rolagem do mundo”.
 
Enquanto você desce – além das estatísticas de tempo, profundidade e quantas pessoas estão online naquele ponto – o site vai apresentando informações e curiosidades sobre a região e coleta da água.
 

 
Fonte: exame.abril.com.br